Blogue

Histórias Motivacionais 3 – O Homem Rico e o Mendigo

Posted by:

Histórias Motivacionais 3 – O Homem Rico e o Mendigo

«Há muitos anos, um homem estava sentado num barranco, numa calma contemplação, quando foi importunado por um mendigo da aldeia.

-”Onde está a pedra?”, perguntou o mendigo. “Preciso da pedra preciosa!”

O homem levantou os olhos na sua direcção sorrindo. -”Que pedra procura?”

-”Tive um sonho”, continuou o mendigo, mal se acalmando para falar, -”e nesse sonho uma voz disse-me que se eu viesse ao barranco, encontraria um homem que me daria uma pedra preciosa que me salvaria da pobreza para sempre!”

O homem olhou pensativo, depois alcançou o seu saco e retirou um grande diamante.

-”Será esta a pedra?”, perguntou gentilmente. -”Encontrei-a pelo caminho. Se a quiser, pode ficar com ela.”

O mendigo nem podia acreditar na sua sorte, arrancou a pedra das mãos do homem e correu de volta para a aldeia, antes que ele mudasse de ideias.

Um ano mais tarde, o mendigo, já vestido com roupas de homem rico, regressou ao barranco à procura do seu benfeitor anónimo.

-”Está de volta, meu amigo!”, disse o homem, de novo sentado no seu local favorito, apreciando a corrente tranquila das águas. -”O que aconteceu?”

O mendigo rebaixou-se perante o homem.

-”Aconteceram-me muitas coisas maravilhosas por causa da pedra que tão graciosamente me ofereceu. Tornei-me rico, casei e arranjei casa. Posso hoje dar emprego a outros e fazer o que quero, quando quero e com quem quero.”

-”Então porque regressou?”, perguntou o homem.

-”Por favor”, disse o mendigo, “ensine-me tudo o que há dentro de si que lhe permitiu oferecer-me aquela pedra tão graciosamente.”»

 

 

in «Super Coach» , Michael Neill

Este conto fala de um dos pontos que para mim é fundamental no conceito de sucesso: a CONTRIBUIÇÃO.  Muitos multi-milionários e gente de sucesso em geral, sente a determinada altura da vida que tem tudo o que se pode imaginar ou que passa para além da imaginação do comum mortal e isso pode levar a estados de frustração, por parecer que a vida perdeu o sentido. Muitas dessas pessoas redescobrem a felicidade e um estado mais elevado e profundo, ao contribuirem activamente para a sociedade, nomeadamente participando em acções de voluntariado e causas humanitárias. Não se esqueça nunca que uma das formas de se sentir uma pessoa bem sucedida e feliz é saber que está a criar valor para os outros, que aquilo que faz é útil, inspira as pessoas ou em última análise ajuda a salvar. Seja contribuição monetária ou outro tipo de contribuição. Dar sem esperar receber nada em troca.

2


About the Author:

Médico Dentista de profissão e curioso na área de desenvolvimento pessoal, programação neuro-linguística, técnicas de motivação e liderança. Responsável pelo site MasterKaizen, e por outros blogues. Se gostar do conteúdo partilhe-o no Facebook, Twitter ou por email!
  • Pauloadriano

    Mais uma história excelente.

  • mr. macedo

    a quem espere pacientemente e com fervorosa fé, surja a salvação
    a quem se arisque até o topo de um barranco e busque um sonho
    a quem agarre a oportunidade com tanta força e não olhe para trás
    a quem busque o que nunca teve e realize todos os seus sonhos
    a quem volte humildemente aonde tudo começou e simplesmente tente entender
    a quem continue a buscar as respostas incessantemente e nunca esteja satisfeito
    a quem não precise agradecer com palavras e sim com boas ações

    Os dois homens esperaram pacientemente resposta às suas frustrações e a obtiveram através da fé.
    Aprenderam que: o valor das coisas não é monetário.

    DanielMTapajos